Domingo, 09 de Agosto de 2020
83 9 9690-1026
Saúde Lei

Lei garante a internação de parturientes em maternidade privada caso não haja leito público disponível na Paraíba

De acordo com o texto, a internação dar-se-á por prescrição de médica(o) credenciada(o) pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

01/08/2020 12h25
100
Por: Danilo Almeida Fonte: Click PB
Lei garante a internação de parturientes em maternidade privada caso não haja leito público disponível na Paraíba

Uma nova lei garante a internação de parturientes na rede privada de maternidades de baixo risco, sem custo para a paciente, quando se mostrarem esgotadas as possibilidades de internação nas maternidades da rede pública da Paraíba. A lei, de autoria da deputada Estela Bezerra, foi publicada no diário Oficial do Estado deste sábado (1).

De acordo com o texto, a internação dar-se-á por prescrição de médica(o) credenciada(o) pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

A(o) médica(o) responsável pelo pedido de internação informará a situação de gravidade da paciente e a inexistência de vaga em sua unidade pública.

A Secretária de Estado de Saúde manterá atualizado o mapa de leitos públicos e privados nas maternidades de baixo risco e disponibilizará as informações às administrações das maternidades da rede pública.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias