A justiça de Catolé do Rocha agendou para o dia 6 de novembro, às 8h30, a sessão do tribunal do júri para analisar a acusação do Ministério Público contra um acusado de homicídio, na zona rural de Riacho dos Cavalos.
Blog do Naldo Silva apurou que o réu José Ancelmo da Silva (Compadre-foto), de 44 anos, responde ao crime por ter assassinado Deusdete Pedro dos Santos (Deusim), de 45 anos, no dia 15 de agosto de 2014 por volta das 14h, no sítio Peixe, Riacho dos Cavalos.
Vítima e acusado moravam no Rio Grande do Norte, em Caicó e Acari, mas estavam trabalhando juntos em uma pedreira e moravam na mesma casa.
Uma semana antes do crime, o Ancelmo acusou Deusdete de furtar um dinheiro seu. No dia do crime, os dois bebiam juntos, quando o suspeito relembrou o caso, momento em que iniciaram uma discussão, resultando na morte de “Deusim”, que foi executado com nove golpes de faca.
O Ministério Público requer a condenação, enquanto que a defesa a absolvição alegando legítima defesa do réu.
Blog do Naldo Silva