O MP-Procon recomendou, nesta quinta-feira (21), a suspensão da comercialização de 42 medicamentos devido a irregularidades constatadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Confira a lista de medicamentos mais abaixo. Para ver a tabela, clique aqui.
Leia também: Diclofenaco e nimesulida estão com vendas suspensas no Brasil
Segundo o promotor Glauberto Bezerra, o objetivo é garantir a segurança dos consumidores ao evitar a exposição a situações que lhes coloquem em risco à saúde, em decorrência da ingestão de medicamentos fora dos padrões sanitários.
A decisão foi tomada em conjunto com a Vigilância Sanitária Estadual, os Procons Legislativo de João Pessoa e Cabedelo, a OAB, os Conselhos Regionais de Medicina e Farmácia.
portal correio