menu
Riacho dos Cavalos-PB | Whatsapp: 83 9-96901026
Danilo Almeida
Riacho dos Cavalos - PB
NÃO RESISTIU
GERAL
GERAL
NÃO RESISTIU
Postada em 04/04/2018 ás 12h01 - atualizada em 04/04/2018 ás 12h01
NÃO RESISTIU: estudante de 16 anos que lutou contra o câncer morre na UTI do Hospital Regional de Sousa
A agricultora Maria de Fátima dos Santos, disse que sua filha foi uma guerreira e levava sempre o sorriso no rosto
NÃO RESISTIU: estudante de 16 anos que lutou contra o câncer morre na UTI do Hospital Regional de Sousa

A estudante Emilly Caroline, de 16 anos, morreu na madrugada desta quarta-feira (04) na UTI do Hospital Regional de Sousa. Ela sofria de uma doença conhecida como Anemia Falciforme que causa produção anormal de glóbulos vermelhos do sangue.



Segundo familiares, a história de luta pela vida de Emilly começou logo cedo, aos quatro anos ela foi diagnosticada com leucemia e passou por vários tratamentos até conseguir superar a doença. A pequena também contraiu anemia que se agravou rapidamente e em outubro de 2017 ela precisou fazer cirurgia em um hospital de João Pessoa para retirada do baço e vesícula. O dinheiro que custeou o tratamento foi arrecadado em um bingo beneficente.



Em contato com o Diário do Sertão, a agricultora Maria de Fátima dos Santos, disse que sua filha foi uma guerreira e levava sempre o sorriso no rosto apesar de todas as dificuldades:





Emilly tinha 16 anos (foto: Diário do Sertão)



“Minha filha era uma guerreira, lutou muito e distribuía sorrisos por onde passava, sem reclamar de nada”, disse a mãe de Emilly.



O corpo está sendo velado na casa dos pais no sítio Matumbo, zona rural de Sousa. Já o sepultamento será às 17h no cemitério municipal São João Batista.





Emilly tinha 16 anos (foto: Diário do Sertão



O que é Anemia Falciforme?

A anemia falciforme, também chamada de drepanocitose ou anemia drepanocítica, é uma doença hereditária e hematológica que acontece por conta da produção anormal de glóbulos vermelhos do sangue, o que deforma as hemácias. As células da membrana são alteradas e se rompem com facilidade, causando a anemia. Por conta desse rompimento, elas tornam-se parecidas com uma foice, por isso o termo falciforme.



DIÁRIO DO SERTÃO


leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Enquete

Nenhuma enquete cadastrada.

facebook
twitter
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium