menu
Riacho dos Cavalos-PB | Whatsapp: 83 9-96901026
Danilo Almeida
Riacho dos Cavalos - PB
IGUALDADE DO PLACAR
ESPORTES
ESPORTES
IGUALDADE DO PLACAR
Postada em 18/12/2017 ás 11h32 - atualizada em 18/12/2017 ás 11h32
LÍNGUA DE FORA 2X2 FALTA DE AR – Ninguém riu, ninguém chorou! Jogo das Estrelas 2017 termina em igualdade do placar
No ano das crises [afinal 2017 foi marcado por três grandes crises: financeira, política e a pior de todas - a hídrica]
LÍNGUA DE FORA 2X2 FALTA DE AR – Ninguém riu, ninguém chorou! Jogo das Estrelas 2017 termina em igualdade do placar

No ano das crises [afinal 2017 foi marcado por três grandes crises: financeira, política e a pior de todas - a hídrica] a partida entre Língua de Fora e Falta de Ar terminou em igualdade no marcador – 2 a 2 foi o placar do jogo.



O Falta de Ar abriu o placar no primeiro tempo com o gol de Valmir aproveitando uma sobra dentro da área. O gol de empate do Língua de Fora saiu também no primeiro tempo, numa cobrança de falta, Ney veículos ajeitou para Sidcley empatar a pelada.



No segundo tempo veio a virada do Língua de Fora, com o gol de Diego, chutando bem colocado de fora da área. Mas já nos minutos finais, Valmir voltou a marcar, através de cobrança de pênalti, com o goleiro no canto bola no outro.



A partida deste domingo (17 de dezembro) também marcou o reencontro de Ney e João de Bené, parceiros do lendário Paraibinha Atlético Clube, time juvenil que na década de 80 fez história no bairro do Batalhão.



Poderiamos destacar inúmeros registros importantes deste encontro, mas para não pecarmos nas delongas, ficam três pontos importantes: a presença de Geraldo Pretor, que aos 81 anos de vida, fez questão de mais uma vez jogar a pelada; Genaudo berthold, aos 70 anos atuou em praticamente todo os dois tempos de jogo; Inacinho que sempre vem da cidade de Esperança, no Brejo Paraibano, e à presença do goleiro Evaldo (ex-Açu do RN), e que hoje vive em Alagoa Nova – Brejo Paraibano, que fechou o gol do Falta de Ar (time de verde) impedindo a vitória da equipe amarela (Língua de Fora).



Como é de praxe o jogo que homenageia o ex atleta Nena Nunes, que mais uma vez compareceu ao campo, marca o reencontro de amigos, e faz parte da confraternização de fim de ano.



FONTE: Catolé news
leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Enquete

Nenhuma enquete cadastrada.

facebook
twitter
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium